Localização:
Rodovia Anhanguera, Km 174
Araras - São Paulo - Brasil

Contato:

Telefones de contato

Graduação

Projetos de Pesquisa e Extensão

2011 – Atual

Chá com Prosa: Educação ambiental e Etnobotânica
Atividade de extensão “Chá com Prosa” surgiu como continuidade do projeto de pesquisa: “Conhecimento e uso de plantas medicinais por famílias de bairros rurais e de assentamentos de reforma agrária no município de Araras-SP”, integrante das atividades de educação ambiental na escola rural E.M.E.I.E.F. IVAN INÁCIO DE OLIVEIRA ZURITA em Araras-SP. E tem como objetivo utilizar a etnobotânica como instrumento de educação ambiental. As plantas são as identidades de um conjunto de pessoas, refletem o que são o que pensam e suas relações com a natureza que as cerca. Como atividades pretende-se: implantar o horto de plantas medicinais no CCA/UFSCar; aprimorar o jardim de plantas medicinais na escola rural e realizar encontros com os pais, estudantes e professores para a troca de informações sobre as plantas medicinais e sua relação com a conservação do meio em que vivem.
Integrantes: Dayane Graziella Pereira de Oliveira dos Santos – Integrante / Ana Carolina Costa Arantes – Integrante / Rodolfo Antonio de Figueiredo – Integrante / Paulo Henrique Lima – Integrante / Gabriel Ferraz de Arruda Dedini – Integrante / Julio Cesar Moraes – Integrante / Anastacia Fontanetti – Coordenador.
Financiador(es): Universidade Federal de São Carlos – Bolsa.Número de orientações: 1.

2010 – Atual

Avaliação Participativa e Indicadores de ATER em Agroecologia e Restauração Florestal em Assentamentos Rurais no Pontal do Paranapanema (SP) e no Norte do Paraná (PR).
O objetivo principal é analisar os processos e metodologias de avaliação participativa de projetos e programas de ATER em Agroecologia e restauração florestal com base nas experiências já ocorridas ou em curso em assentamentos rurais nas regiões do Pontal do Paranapanema (SP) e Norte do Paraná (PR) e sua interação com a produção de indicadores de ATER. Para tanto, pretende-se realizar pesquisa bibliográfica, documental e empírica sobre o tema e realizar eventos junto aos assentados e representantes de instituições envolvidas de forma a apresentar as discussões sobre avaliação participativa e construção de indicadores de programas e projetos, com a inserção de estudantes do curso de Bacharelado em Agronomia com ênfase em Agroecologia UFSCar (Convênio INCRA/PRONERA). Os demais objetivos incluem a elaboração de texto-síntese para divulgação dos principais resultados do projeto, caracterização das demandas, intenções e expectativas de assentados das duas regiões em relação a projetos e programas de ATER em Agroecologia e restauração florestal.
Integrantes: Luiz Antonio Cabello Norder – Coordenador / Farid Eid – Integrante / Andrea Eloisa Bueno Pimentel – Integrante / Caio Luís Chiariello – Integrante / Mauricio Ursi Ventura – Integrante / Ricardo Ralisch – Integrante / Ayres Oliveira Menezes Jr. – Integrante / Anastacia Fontanetti – Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – Auxílio financeiro.

2011 – Atual

Alteração do pH do apoplasto da raiz e exsudação de ácidos orgânicos como mecanismos de resistência a alumínio em milho. Experimentação e análise quantitativa.
Plantas de diversas espécies liberam ácidos orgânicos de baixo peso molecular de suas raízes quando as mesmas são expostas a espécies tóxicas de alumínio (Al). Os ânions desses ácidos orgânicos, dentre eles citrato, malato e oxalato, podem complexar o Al3+ livre em solução, diminuindo assim sua atividade e toxicidade para as plantas. Estudos recentes contribuíram com evidências do envolvimento desses compostos orgânicos num mecanismo de resistência contra o Al, mas também revelaram casos de baixa correlação entre exsudação radicular e resistência a Al. Os resultados contraditórios sugerem baixa efetividade do mecanismo como também a existência de outros processos e mecanismos de resistência e tolerância que podem estar atuando em coordenação com o mecanismo de exsudação radicular. O objetivo deste projeto é estudar a alteração do pH do apoplasto, o acúmulo de citrato, malato e Al no apoplasto e a complexação de Al como mecanismos que possam conferir resistência ao metal em plantas de milho. O acúmulo de Al no apoplasto da raiz será medido e analisado com ferramentas matemáticas, na tentativa de se entender o fenômeno de exclusão de Al da raiz em genótipos resistentes. Os estudos serão realizados com plantas de seis genótipos de milho com graus distintos de resistência a Al. Os ensaios serão conduzidos em câmara de crescimento com condições ambientais controladas e os dados observados serão analisados com ferramentas estatísticas e matemáticas. Espera-se alcançar com os estudos deste projeto um melhor entendimento do fenômeno de resistência a Al em milho..
Integrantes: Marília Morelli – Integrante / Marisa Pastre Michetti – Integrante / Isadora de Camargo Ribeiro – Integrante / Eduardo Dal Ava Mariano – Coordenador.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – Auxílio financeiro.

2011 – 2014

Avaliação de genótipos e prospecção de fatores relacionados com a resistência a Meloidogyne enterolobii em mirtáceas
Projeto proposto pela Embrapa para a avaliação de genótipos e prospecção de fatores relacionados com a resistência a Meloidogyne enterolobii em mirtáceas.
Integrantes: Eduardo José de Almeida – Coordenador.

2010 – 2012

Avaliação do sistema radicular, qualidade fisiológica e bioestimulante em sementes de feijão e milho
Integrantes: Rogério Faria Vieira – Integrante / João Carlos Cardoso Galvão – Coordenador / Glauco Vieira Miranda – Integrante / Patrícia Marluci da Conceição – Integrante.

2009 – Atual

Temperature, humidity, turning and quail breeder age effect on incubation performance
This project aims to evaluate the effects of temperature, humidity and turning frequency on hatchability of eggs and characteristics throughout the reproductive period of Japanese quail breeders. Therefore, main objective of that study is to provide a solid scientific basis to reach the best performance and chick quail quality. This project will be divided into three experiments, in which will be collected four data during the productive period of quail. In the first experiment will be use 7,200 fertile eggs which will be submitted to three temperatures schedules (36.5, 37.5 and 38.5 C) and two levels of humidity (60 or 70%) in a factorial design of 3 x 2. From the optimal values for these parameters will be conducted a second experiment with 3,600 fertile eggs, which will test different turning frequencies of eggs during incubation (96, 48 and 24 times per day). In experiment 3 will be incubated 6,000 fertile eggs with the aim to evaluate the effect of the five turning periods (until the 10, 11, 12, 13, and 14th day of incubation) on the incubation hatchability. In all experiments will be used more than 200 eggs to carry out the analysis of egg quality…
Integrantes: Vera Maria Barbosa de Moraes – Integrante / Fabrício Hada – Coordenador / Rodrigo Gravena – Integrante / Rafael Henrique Marques – Integrante / Janaina Della Torre da Silva – Integrante.

2011 – 2012

Levantamento das culturas dependentes e beneficiadas por polinização no Assentamento Horto Florestal Loreto (Área IV) em Araras (SP).
Dada a inexistência de informações das plantas dependentes e beneficiadas por polinização que são cultivadas nos assentamentos rurais de Araras, e sendo que este benefício aumentaria a produção de alimentos destes pequenos agricultores familiares, o presente projeto de pesquisa objetiva fazer o diagnóstico desta realidade a fim de possibilitar que se forme uma melhor compreensão do papel da polinização das plantas cultivadas neste assentamento.
Integrantes: Marcos Henrique Muriano Junior – Coordenador / Rodolfo Antônio de Figueiredo – Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.

2010 – 2012

Experiências educativas ambientais em meio rural : sistematização e construção de questões de pesquisa a partir de ações desenvolvidas em escolas rurais de Araras (SP).
Processo FAPESP n. 2010/00620-0. A educação ambiental é uma prática pedagógica que tem sua ação voltada para as relações estabelecidas entre indivíduos, sociedade e natureza. A pesquisa nesta área, portanto, pode estar enfocando a ação propriamente dita ou o processo educativo em si. O projeto de pesquisa aqui proposto tem por objetivo geral investigar as ações educativas ambientais desenvolvidas nas seis escolas rurais existentes no município de Araras (SP), sistematizando-as e analisando seus referenciais teóricos e políticos, a fim de compreender as opções pedagógicas feitas pelas professoras em tais ações, assim como seus impactos nas comunidades rurais. A escola rural é um importante espaço de construção de conhecimentos, vivências e práticas para as crianças provenientes de bairros rurais e as ações empreendidas neste espaço se refletem nas suas famílias e comunidades. A construção de questões de pesquisa a partir da prática educativa justifica-se pela possibilidade de trazer reflexões sobre a relevância social da pesquisa e da ação ambiental educativa, além de possibilitar a construção participativa do conhecimento através da valorização do que já foi realizado. A metodologia utilizada será qualitativa e nas diferentes fases da pesquisa serão utilizadas as técnicas do diagnóstico socioambiental participativo, da percepção ambiental, da sistematização de experiências e da análise de significados através da fenomenologia hermenêutica. O resultado esperado com a utilização destes procedimentos é a geração de uma compreensão mais aprofundada das ações ambientais executadas nas escolas rurais e de suas motivações, o que após criticamente analisado permitirá a proposição de novas questões de pesquisa na área de educação ambiental popular rural para a região.
Integrantes: Geisy Graziela Magri – Integrante / Gilmar S. Souza Junior – Integrante / Jéssica F. Araújo – Integrante / Hugo F. Romania – Integrante / Danitielle Cineli Simonato – Integrante / Rodolfo Antônio de Figueiredo – Coordenador.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo – Auxílio financeiro.

2009 – Atual

Educação ambiental em meio rural (projeto permanente ligado ao Grupo de Pesquisa CNPq GEPEA – Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação Ambiental).
Este projeto de pesquisa tem por objetivo a geração de conhecimentos sobre os processos educativos formais e informais que ocorrem em meio rural, em relação dialógica e participativa com agricultoras/es familiares, assentadas/os rurais e professoras/es e estudantes de escolas rurais.
Integrante / Andrea Lage de Oliveira – Integrante / Ariovaldo Massi – Integrante / Cinara Del’Arco Sanches – Integrante / Geisy Graziela Magri – Integrante / Michelle Zattoni – Integrante / Marisa Pastre Michetti – Integrante / Marilia Morelli – Integrante / Isadora de Camargo Ribeiro – Integrante / Amanda Roberta Corrado – Integrante / Thais Borges de Oliveira – Integrante / Gilmar S. Souza Junior – Integrante / Jéssica F. Araújo – Integrante / Hugo F. Romania – Integrante / Danitielle Cineli Simonato – Integrante / Vânia Maria de Oliveira – Integrante / Analucia Cerri Arruda – Integrante / Rodolfo Antônio de Figueiredo – Coordenador.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – Bolsa / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo – Auxílio financeiro / Pró-Reitoria de Extensão da UFSCar – Auxílio financeiro / Pró-Reitoria de Extensão da UFSCar – Bolsa / Pró-Reitoria de Graduação da UFSCar – Bolsa.

2009 – Atual

Polinização e dispersão de plantas silvestres e cultivadas (projeto permanente ligado aos Grupos de Pesquisa CNPq Agroecologia e Agricultura Sustentável).
Este projeto de pesquisa tem por objetivo a geração de conhecimentos sobre aspectos reprodutivos de espécies vegetais cultivadas (polinização e produção de frutos e sementes), em relação dialógica e participativa com agricultoras/es familiares e assentadas/os rurais, a fim de aumentar de forma sustentável a produção em base agroecológica.
Integrantes: Jemmy Lee Elis Augusto de Oliveira – Integrante / Maressa de Oliveira Henrique – Integrante / Rodolfo Antônio de Figueiredo – Coordenador.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – Bolsa / Pró-Reitoria de Pesquisa da UFSCar – Outra.

2005 – Atual

Polinização e dispersão de plantas nativas e exóticas (projeto permanente ligado ao Grupo de Pesquisa CNPq Ecologia e Conservação da Biodiversidade).
O objetivo deste projeto é gerar conhecimentos sobre a polinização, a dispersão e a germinação de sementes de espécies vegetais presentes em áreas naturais de cerrado, de mata ciliar e de mata semidecídua, em ambientes urbanos e em agroecossistemas.
Integrantes: Dalva Maria da Silva Matos – Integrante / Juliana Ribeirão de Freitas – Integrante / Igor Chiosini de Nadai – Integrante / Lucas Hardman – Integrante / Carolina B. Zanelli – Integrante / Raquel C. Miatto – Integrante / Rafael Guerta – Integrante / Lucas Gustavo Lucon – Integrante / Carlos Henrique Britto de Assis Prado – Integrante / João Paulo Souza – Integrante / Rodolfo Antônio de Figueiredo – Coordenador.
Financiador(es): Departamento de Botânica/UFSCar – Cooperação.

Apresentação
Corpo Docente
Técnicos Administrativos
Documentos